Reserva de Emergência: o que isso significa para você?

Hoje vou compartilhar com você uma história de valor sobre reserva de emergência.

Eu tenho o hábito de poupar um valor mensal desde o meu primeiro salário. Cresci vendo o meu pai poupando, não porque ele tivesse “dinheiro sobrando”, mas acredito que, devido as dificuldades que ele enfrentou na vida ele aprendeu de fato sobre o valor de uma reserva financeira. Então ele se esforçava para controlar os gastos e guardar uma parte do salário, ainda que pequena. Ele costumava dizer que era importante ter um dinheiro guardado para algum momento de dificuldade ou até mesmo para comprar algo e melhorar as condições de vida.

Para mim, reserva financeira significa em primeiro lugar uma oportunidade de realizar sonhos. Ela também significa segurança e liberdade. Durante muito tempo a minha reserva foi um único “pote”. Tudo ficava ali: os sonhos, a segurança, a liberdade, o bem-estar… Depois eu comecei a dividir essa reserva e dei um nome para cada pote: o pote dos sonhos (objetivos pessoais), o pote do bem-estar presente (reserva de emergência), o pote do bem-estar futuro (aposentadoria).

Agora me conta, o que a reserva financeira emergencial significa para você? O que ela pode lhe proporcionar?

No ano de 2015 eu e meu marido financiamos um apartamento. No dia da assinatura do contrato nós deveríamos dar uma entrada ou seja, pagar um determinado valor. Estávamos ansiosos esperando por um depósito da empresa, onde o meu marido trabalhava. Ele tinha um valor a receber referente alguns serviços prestados. Mas, para o nosso desespero o dinheiro não caiu na conta! Bem no dia da assinatura recebemos a notícia de que a empresa tinha entrado em recuperação judicial e os valores devidos para os funcionários não foram pagos. Só para você ter uma ideia, nós tivemos acesso a esse valor somente dois anos depois!

Mas e aí Bruna, o que vocês fizeram? Entramos em ação com a nossa reserva financeira, que naquela época ainda estava em um único pote. Eu estava poupando para diversas coisas, como por exemplo para fazer os móveis do apartamento.

Naquele momento das nossas vidas foi muito importante ter aquele dinheiro guardado. Pagamos não só o valor da entrada do financiamento como também outras taxas contratuais. Depois, com o passar do tempo refizemos e formamos outras reservas.

Alguns aprendizados e pontos importantes:

  • Reserva de emergência é para ser usada somente em momentos de grande necessidade (necessidades boas ou não tão boas, ok?)
  • A reserva de emergência pode e deve ser usada. Nada de ficar sofrendo com dó de usar o dinheiro, hein!
  • Essa reserva deve estar aplicada em um investimento de baixo risco e alta liquidez. No meu caso, por exemplo, o valor estava em uma poupança. Então com muita facilidade eu resgatei e utilizei no mesmo dia.
  • Coloque a reserva de emergência em um “pote” específico, vai ficar bem mais fácil de controlar! Ah, busque juntar nesse pote uma quantia equivalente a seis vezes o seu custo mensal. Vai juntando aos poucos, o mais importante não é guardar muito, mas guardar sempre.
  • Caso você precise usar uma parte ou toda a sua reserva, use e depois reponha o valor. Eu mesma já montei e remontei diversas vezes os meus potes rsrs

Lembre-se que dinheiro é um recurso que pode e deve ser renovado constantemente a fim de proporcionar maior bem-estar para você e para as pessoas a sua volta. A esse movimento financeiro eu dou o nome de prosperidade. Mas sobre isso podemos conversar mais em outra história de valor, combinado?

Reflita sobre esse assunto: você tem uma reserva financeira? Você já precisou usar em algum momento? Como foi? E se você não tem…como você se sentiria se tivesse? O que uma reserva emergencial pode significar para você?

Agradeço por permanecer comigo até aqui. Essa história sobre a utilização das minhas economias para a compra do meu apartamento tem muito valor para mim. Espero que de alguma maneira ela te ajude a sonhar e a realizar!

Até a próxima!

Este é um conteúdo da rede de colaboração dos alunos da prof. Vera Rita, de Psicologia Econômica e Educação Financeira #PEEF. No mês de setembro o assunto tratado é Reserva de Emergência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: